quarta-feira

Download Bette Davis - Estranha Passageira - 1942


Título original:
Now, Voyager
Ano: 1942
Gênero: Drama
Duração: 117 min
Diretor(a): Hal B. Wallis
Elenco: Bette Davis , Paul Henreid, Claude Rains, Gladys Cooper

Sinopse:
Com trinta e poucos anos, cansada de ser tratada pela mãe como criança, Charlotte Vale (Davis) recorre a ajuda de um psiquiatra (interpretado pelo sempre competente Claude Rains). Como parte do tratamento, Charlotte faz as malas e embarca em um cruzeiro pela América do sul.

Durante a viagem conhece o charmoso Jerry Durance (Paul Henreid, de Casablanca). Rapidamente se apaixonam. Entretanto, não podem dar segmento ao romance, pois Jerry é um homem casado. A mudança radical de Charlotte é bem recebida pelos familiares dela, exceto pela mãe (Gladys Cooper, excelente) que, mesmo debilitada, insiste em tratar Vale rudemente.

Não só a liberdade plena almejada batendo de frente com pais superprotetores como também outros conflitos familiares: tais temas renderam boas obras cinematográficas ao longo dos anos. Contudo, o foco do enredo não é exatamente o conflito mãe-filha e sim, o desejo de uma mudança de vida e a manutenção de um novo bem estar. Amar a si próprio era o novo lema de Charlotte Vale. Para os fãs de melodrama, um filme fundamental.

Indicações e Prêmios:
- Indicado ao Oscar na categorias de melhor Atriz, melhor atriz coadjuvante
- Ganhou o Oscar de Melhor Trilha Sonora de uma Comédia ou Drama

Curiosidades:
- O produtor Hal B. Wallis inicialmente queria que a atriz Irene Dunne protagonizasse Estranha Passageira, mas acabou sendo convencido por Bette Davis a lhe dar o papel.

- A atriz Bette Davis queixou-se da trilha sonora composta por Max Steiner, dizendo que ela se intrometia demais em sua performance no filme.

Frase:
“Não vamos pedir a lua. Nós temos as estrelas”.

Download Legendado:
 

E nos bastidores...

6 comentários:

  1. Por mais que este longa-metragem tenha sido vendido como um filme totalmente arraigado de romance, percebe-se que em toda a sua estrutura existe histórias e dramas concisos - como o castramento e o ódio nutrido pela mãe por seu filho - tais conflitos formam a silhueta deste filme, que tem agregado uma atuação maravilhosa de Bette Davis, além de uma trama muito, muito atraente. É um filme IMPERDÍVEL.

    ResponderExcluir
  2. Adoro, adoro esse filme. E sabe que sempre achei que o romance era o "pano de fundo" do enredo. Bonito mesmo é ver a personagem transformar-se completamente e assumir as consequencias disso.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  3. Olá Paty. Assisti ao filme há algumas décadas e nunca mais encontrei. Gostaria de adquirir um dvd. Saberia me informar? Gostei muito de seu blog, gosto dos clássicos em preto e branco então, nem se fala. Também convido você a conhecer meu blog. Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Oi Marina! Prazer conhecê-la.
    Se não me engano, esse filme não foi lançado em DVD no Brasil não...

    E vou visitá-la com prazer.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Novo link adicionado, pois o anterior estava travando

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir