quarta-feira

Download Bette Davis - Jezebel - 1938




Título original: Jezebel
Ano: 1938
Gênero: Drama
Duração: 104 min
Diretor(a): William Wyler
Elenco: Bette Davis , Henry Fonda , George Brent , Margaret Lindsay , Donald Crisp

Sinopse:

Em 1852, em Nova Orleans, uma jovem egocêntrica da aristocracia local provoca o rompimento do seu noivado ao usar um vestido vermelho, quando as moças deviam usar branco. Apesar de seu antigo noivo se casar com outra mulher, ela continua amando-o.

Ela tem a grande chance de lhe provar que realmente deixou de ser uma jovem mimada quando uma peste se abate sobre a cidade.

Indicações e Prêmios:
Venceu o Oscar nas categorias de melhor atriz (Bette Davis) e melhor atriz coadjuvante (Fay Bainter).

Indicado ao Oscar nas categorias de melhor filme, melhor fotografia e melhor trilha sonora.

Festival de Veneza 1938 (Itália) William Wyler recebeu recomendação especial pela contribuição artística.
Indicado na categoria de melhor filme.

Curiosidades:
- Este é o 1º de 3 filmes em que o diretor William Wyler e a atriz Bette Davis trabalharam juntos. Os demais foram A Carta (1940) e Pérfida (1941). Foi também, o inicio do relacionamento amoroso com aquele que a atriz viria a chamar de "O Homem de sua vida".

- O projeto de "Jezebel" começou com o estúdio tendo Bette como a protagonista. O problema foi que Miriam Hopkins detinha os direitos do romance e se recusou a vender se não fosse a protagonista.

- Baseado na peça teatral "Jezebel" do dramaturgo Owen Davis.

- O vestido "vermelho" neste filme (preto e branco) era, na verdade, preto.

Frase:
"Faça o que fizer, eu posso fazer mais porque sei lutar melhor"

Download Legendado:





E nos bastidores...

E após os bastidores...



Um comentário:

  1. Assisti esse filme a quase um ano atrás (filme esse que só fortaleceu a minha vontade de fazer a maratona que estou a fazer).

    Percebe-se de primeira que as semelhanças entre "Jezebel" e "E o Vento Levou" (e suas respectivas protagonistas) não foram por acaso. Apesar de "Jezebel" ter sido lançado antes, o mesmo foi feito com um intuito: competir e enfraquecer o lucros de estreia do grandioso filme que estrearia no ano seguinte.

    Apesar de saber de tudo isso, tentei não comparar os filmes (até porque acho uma covardia comparar QUALQUER filme com o perfeito "E o Vento Levou")... E esquecendo toda essa história dos bastidores, só digo uma coisa: "Jezebel" é maravilhoso e a Bette Davis, pra "variar", está extraordinária nesse filme... Mereceu o Oscar! :)

    ResponderExcluir