quarta-feira

Download Bette Davis - Meu Reino por um Amor - 1939


Título original: The Private Lives of Elizabeth and Essex
Ano: 1939
Gênero: Drama
Duração: 106 Minutos
Diretor(a): Michael Curtiz
Elenco: Errol Flynn , Bette Davis, Olivia de Havilland

Sinopse:
O filme narra o relacionamento tanto político quanto pessoal entre a rainha inglesa Elizabeth I e Robert Devereux, conde de Essex que, durante algum tempo, chegou a ser seu favorito.

Devereux era muito inteligente, ativo e loquaz, além de bom estrategista militar. Era também descendente do rei Henrique IV, além de aparentado da própria rainha. Infelizmente, seu orgulho e arrogância dificultaram sua vida entre as intrigas da corte britânica de seu tempo.

Indicações e Prêmios:
Indicado ao Oscar nas categorias de melhor direção de arte, melhor fotografia, melhores efeitos especiais visuais, melhor trilha sonora original e melhor mixagem de som.

Curiosidades:
- Roteiro baseado na peça teatral Elizabeth the Queen, de Maxwell Anderson que foi sucesso na Broadway.
- Bette Davis raspou sua cabeça para parecer calva e também removeu as sobrancelhas.
- Errol Flynn quis mudar o título, pois o anterior, “Rainha Elizabeth” não favorecia seu nome.
- Foi o primeiro filme colorido estrelado por Bette Davis
- Bette queria Laurence Olivier para o papel de Lorde Essex, por achar Errol Flynn um ator de terceira categoria.
-Durante as filmagens, Bette e Flynn viriam a se detestar profundamente. O ator bocejava na frente da câmera, esquecia o roteiro e beliscava sua bunda em todas as oportunidades. Quando Bette explodia de raiva, ele ria mais ainda.

Frase:
"Ser Rainha é olhar para o amado com estrelas nos olhos e ele ver por detrás deles apenas a sobra do carrasco"

 
Download Legendado:

E nos bastidores...

4 comentários:

  1. Errol Flynn um ator de terceira categoria?
    Bette Davis estava maluca ao dizer isso, rs
    Errol sempre foi e será um Astro de grande presença nas telas. Um adorável ator que encanta meus sonhos.
    Este filme é triste, não esperava pelo final que teve.

    ResponderExcluir
  2. Também adoro Errol. Aliás, tenho tendencia a defender todos os astros dessa era. hahahaha

    Esse filme é agoniante! Nossa, a gente sente a agonia pelo que está acontecendo, principalmente nas cenas finais

    ResponderExcluir
  3. Sei que é "chover molhado" falar da boa atuação da Mrs. Davis, mas a cada filme que vejo, não tenho como deixar de fazê-lo. Mas acho que posso dizer que, nesse filme, temos a melhor e mais arrasadora atuação da Bette Davis, perdendo apenas para Baby Jane (pelo menos, dentre os que vi até o momento).

    Se bem que, eleger uma melhor atuação dessa fera, é uma árdua tarefa. Portanto, já me desculpo antecipamente, por quaisquer contradições de minha parte. rs

    No mais, AMEI o filme!
    Simplesmente ma-ra-vi-lho-so!!!
    E mesmo que o filme não fosse tão bom quanto é, só aquela tensa e espetacular sequência final, já valeria pelo filme todo. ;)

    ResponderExcluir